gototop
FacebookTwitter

Ascom Criança

Selecionados devem confirmar matrícula no dia 17, presencialmente na carreta do programa

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança) divulga a lista dos jovens inscritos para os cursos e oficinas do #BoraVencer Nas Cidades – São Sebastião. A lista traz os registrados até as 10h do dia 16 de outubro. Todos os inscritos devem comparecer à Carreta do programa entre 8h e 20h do dia 17/10 com a cópia do RG e do CPF e um comprovante de residência para confirmar a matrícula. A carreta estará estacionada na quadra 2, conjunto 7, ao lado do Skate Park e da 30ª Delegacia de Polícia.

Os que fizeram a inscrição após as 10h do dia 16 de outubro também devem comparecer para confirmar a matrícula. Todos os selecionados receberão uma mensagem de texto no telefone informado. As aulas acontecerão a partir de quarta-feira, 18, nos horários indicados para cada turma.

CONFIRA A LISTA

As inscrições permanecem abertas no site da Secriança. A partir do dia 17 também é possível se inscrever pessoalmente na Carreta tanto para os cursos e oficinas, quanto para os aulões preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio e para concursos, e também para o festival de bandas da cidade.

Até o fim de novembro, o caminhão ainda passará por Ceilândia, Samambaia e Riacho Fundo.

"O #BoraVencer nas Cidades surgiu para que levássemos o sucesso do projeto para aqueles que não conseguiam se deslocar até o Plano Piloto para acompanhar os aulões no Centro de Convenções, por exemplo”, explica o Secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo.

As atividades do #BoraVencer nas Cidades mantém o nível e temática das demais vertentes do projeto, com a adição da parte cultural. As bandas e grupos locais serão convidadas a participar, com a possibilidade de gravação de uma música em estúdio profissional constante da estrutura da carreta. Também haverá um festival de bandas locais.

Entre as ofertas de cursos e oficinas, os participantes poderão aprender sobre produção musical e de vídeo, cinegrafia, desenvolvimento de aplicativos android, web TV e rádio, entre outros.

#BORAVENCER - O #BoraVencer foi criado para atender à demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015, que pedia por oportunidades de estudo para o vestibular e o Enem.

No preparatório para o vestibular e o Enem, já aconteceram 16 aulões, desde abril de 2016, que atenderam cerca de 30 mil jovens. Já são 759 aprovados em universidades públicas do Distrito Federal: UnB, Escs e IFB.

A vertente profissionalizante do #BoraVencer atendeu 4 mil jovens em cursos como assistente administrativo, organizador de eventos, atendente de consultório médico e dentário, maquiagem e design de sobrancelha, mecânica, robótica, programador de aplicativo Android e web-designer.

Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil no certame para efetivos da Secretaria de Educação. Em agosto, um curso intensivo, preparatório para concursos, começou a atender 1350 jovens.

O projeto "Clínica do trabalho do(a) servidor(a) na medida socioeducativa", desenvolvido pela Diretoria de Saúde Mental e Coordenação de Meio Aberto da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo (Subsis) da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança) está entre os finalistas do prêmio InovaBrasília. O projeto será apresentado ao júri do Prêmio na manhã do dia 17 de outubro no auditório da Egov. A premiação oficial acontecerá no dia 26, no Cine Brasília, com a presença da Orquestra Sinfônica de Brasília.

O projeto viabiliza o cuidado em saúde mental aos servidores da Subsis por meio de grupos de escuta no ambiente de trabalho. São 10 encontros semanais de aproximadamente 1 hora de duração, mediado por uma equipe de psicólogos, parceria firmada com o psicólogo do trabalho e professor Vitor Barros e sua equipe. A partir das demandas identificadas, foi realizada qualificação dos gestores do meio aberto e trabalho de fortalecimento de lideranças. Outros parceiros no projeto são a Secretaria de Saúde (Práticas Integrativas em Saúde e Adolescentro, com a profissional Farah) e a Subsaúde da Secretaria de Planejamento e Gestão.

INOVABRASÍLIA - O Prêmio InovaBrasília é uma iniciativa do Governo do Distrito Federal voltado à modernização da gestão de processos e sistemas essenciais à administração pública, direcionado ao reconhecimento de equipes de servidores que, inovando em sua forma de agir, produzem resultados que melhoram a qualidade dos serviços prestados.

O objetivo principal é reconhecer os resultados concretos, gerados por iniciativas capazes de produzir serviços públicos de qualidade, reduzindo gastos e gerando satisfação para a sociedade, de modo efetivo, criativo e com possibilidades de multiplicação.

Criado por meio do Decreto nº 37.648-2016 – Política de Valorização de Servidores, que instituiu a Política de Valorização de Servidores, o Prêmio InovaBrasília será conferido aos projetos que se sagrarem vencedores nas diversas categorias previstas. A avaliação e o julgamento serão feitos por uma banca examinadora constituída por pessoas integrantes da sociedade civil, da academia e do governo.

Nesta primeira edição do Prêmio InovaBrasília, 2017, conforme o Edital publicado no DODF de 09.06.2017, serão avaliados projetos nas categorias:

– Atendimento ao Cidadão;
– Valorização do Servidor;
– Uso eficiente dos Recursos Públicos e
– Práticas Inovadoras.

Os projetos concorrentes, independente da categoria em que se enquadrem, deverão evidenciar atenção à questão da sustentabilidade e ao uso adequado dos recursos. 

O Prêmio InovaBrasília, coordenado pela Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão, é uma iniciativa que busca mobilizar todos os órgãos e entidades da administração pública do Distrito Federal para valorizarem e estimularem o trabalho em equipe, bem como para promoverem o reconhecimento de servidores que atuam de maneira sinérgica, cooperadora, empreendedora e comprometida com iniciativas inovadoras que produzam bons resultados à população.

Unidade passou por ampliação e melhorias na parte hidráulica e elétrica

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança) reinaugurou, após reforma de ampliação e melhorias, a Unidade de Atendimento em Meio Aberto (Uama) de São Sebastião na manhã de sexta-feira, 13.

A Uama São Sebastião foi ampliada em área, além de ter tido toda sua parte hidráulica e elétrica renovada. Com a ampliação, o espaço passou por readequações e ganhou novidades, como salas de atendimento individual, de reunião e uma copa.

“Uma das primeiras ações, pouco depois que assumi, foi inaugurar o Conselho Tutelar de São Sebastião, que fica aqui ao lado. Nesse dia, aproveitei pra conhecer a Uama e saí daqui bem triste com a situação daquele espaço. No mesmo dia pedi que, assim que tivéssemos recursos, a prioridade seria a melhoria desta unidade”, revela o Secretário Aurélio Araújo. Ele aproveitou a ocasião para agradecer a paciência dos servidores da Uama e o esforço da Subsecretaria de Gestão, responsável pela obra, e da Subsecretaria do Sistema Socioeducativo, gestora da Unidade.

O Subsecretário do Sistema Socioeducativo, Paulo Távora, lembrou-se do compromisso em investir no meio aberto para evitar que os adolescentes cheguem a receber medidas mais complexas, como a semiliberdade e a internação. “Uma medida de meio aberta bem feita necessita de estrutura e hoje temos, a meu ver, a melhor estrutura aqui nesta unidade”, disse.

Para o coordenador da Uama São Sebastião, André Félix, o trabalho desenvolvido na unidade é importante por atingir a parcela da população que mais sofre com a violência.

Provas acontecem nos dias 21 e 21 de novembro

Os adolescentes do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal estão prontos para as provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para pessoas privadas de liberdade e jovens em cumprimento de medida socioeducativa (Encceja Nacional PPL). Ao todo, são 805 inscritos, entre Ensino Fundamental e Médio, das três medidas socioeducativas: Meio Aberto, Semiliberdade e Internação.

Na internação, são 520 adolescentes, de seis unidades: São Sebastião (Uiss), Recanto das Emas (Unire), Brazlândia (Uibra), Planaltina (UIP), Santa Maria (Uism) e Saída Sistemática (Uniss). Do total, são 315 inscritos para o Ensino Fundamental e 205 no Médio. A Unidade com mais adolescentes participantes é a Unire, com 237 inscrições.

Já na Semiliberdade, são 35 inscritos, das unidades de Taguatinga, Guará, Gama e Recanto das Emas, também recordista com 19 inscritos.

No Meio Aberto, são 250 jovens. Desse total, 100 são das Unidades de Ceilândia, que participaram, na sexta-feira, 6, do I Aulão Preparatório para o Encceja. O encontro foi preparado especialmente para eles pela equipe das unidades de Meio Aberto da cidade, com o apoio da Coordenação Regional de Ensino de Ceilândia e o Centro Interescolar de Línguas de Ceilândia.

As provas serão realizadas nos dias 21 e 22 de novembro. O Exame será dividido em quatro provas objetivas, por nível de Ensino, e uma redação.

No Ensino Fundamental são avaliadas as áreas de Ciências Naturais, História e Geografia, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação, Matemática.

Para o Ensino Médio, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Redação, Matemática e suas Tecnologias.

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança) divulga a lista de inscritos para o I Encontro Socioeducativo Sobre Gênero – Meninas em Perspectiva: Os Desafios do Atendimento às Adolescentes em Conflito com a Lei. O evento acontece em parceria com o Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero (Anis) e o Ministério dos Direitos Humanos (MDS), nos dias 17 e 18 de outubro no auditório da Fundação Escola Superior do Ministério Público (SCRS 502, bloco A, loja 55).

CONFIRA A LISTA DOS INSCRITOS

O encontro tem o objetivo de estimular a discussão sobre a implicação do gênero no atendimento socioeducativo, bem como estruturar propostas que venham a dar atenção às particularidades do público feminino que está inserido nas Medidas Socioeducativas. Também será um momento para reunir pesquisadores da temática com profissionais do atendimento com vistas a reconhecer as vulnerabilidades e fatores de risco envolvidos na trajetória de vida destas adolescentes, bem como esboçar compreensões e compromissos de qualificação do atendimento socioeducativo.

Os servidores da Secriança que se inscreveram devem verificar com as chefias imediatas a confirmação das inscrições.

Confira o programa do Seminário.


Ação da Secretaria de Políticas para Crianças foi lançada nesta terça (10), e entregas podem ser feitas até 30 de novembro

 

A 3ª Campanha de Arrecadação de Brinquedos do governo de Brasília, em alusão ao mês da criança, foi lançada na tarde desta terça-feira (10), no Palácio do Buriti.

Serão aceitos brinquedos novos ou usados em bom estado, que vão ser entregues às entidades cadastradas no Banco de Alimentos da Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) e utilizados para compor as brinquedotecas dos conselhos tutelares.

As doações podem ser feitas até 30 novembro, em diversos pontos de coleta espalhados pela cidade:
Batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros
Administrações regionais
Conselhos tutelares
Banco de Brasília (BRB)
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-DF)
Estações de metrô
Ônibus da TCB e Pioneira
Escoteiros do Brasil
Federação Espírita Brasileira
Postos do Transporte Urbano do Distrito Federal(DFTrans)
Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap)
Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF)
Centrais de Abastecimento (Ceasa-DF)
Companhia Energética de Brasília (CEB)
Companhia de Saneamento Ambiental (Caesb)
(Veja a lista completa)

A expectativa, de acordo com o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo, é ultrapassar o número de doações do ano passado, quando o governo conseguiu reunir 19 mil brinquedos. Em 2015, foram 5 mil.

Campanha de arrecadação de brinquedos faz parte do Criança Candanga - Iniciativa da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, a campanha tem o tema Direito de ser criança, direito de brincar e faz parte do programa de governo Criança Candanga, idealizado pela colaboradora do governo Márcia Rollemberg.

“As crianças são prioridade nas políticas públicas do Distrito Federal”, destacou Márcia, que enumerou uma série de ações positivas do Criança Candanga: “Aumentamos os centros de línguas em várias regiões, inauguramos um Centro Olímpico em Planaltina e um CEU das Artes no Recanto das Emas, que são espaços de desenvolvimento”.

No lançamento da campanha hoje (10), a escritora brasiliense Ana Neila Torquato leu trechos do livro Minha Cidade, escrito por ela. Cerca de 25 participantes do Bombeiro Mirim, moradores da Estrutural, assistiram à apresentação.

Programação do mês da criança no DF - Entre as atividades previstas para outubro no Distrito Federal estão ações de saúde bucal, com distribuição de kits de escovação, apresentações de teatro, ações educativas sobre trânsito e palestras para os pais sobre saúde infantil.

Segundo o secretário Aurélio Araújo, outubro vai representar também um mês de debate sobre as crianças e o que é melhor para elas. “Queremos aproveitar para falar não só de brinquedos, mas de direitos, o direito de brincar, o de acesso a serviços, os da família, para construir um cenário de garantia de direitos”, disse.

Fonte: Larissa Sarmento, da Agência Brasília
Fotos: André Borges/Agência Brasília


Carreta do projeto vai estacionar em São Sebastião no dia 17 de outubro

Depois do sucesso na preparação de alunos do Distrito Federal para o vestibular, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e concursos, além da formação profissional, o projeto #BoraVencer sai das salas e auditórios do Plano Piloto e chega aos jovens diretamente em suas cidades. O primeiro local onde a carreta do #BoraVencer nas Cidades estacionará é São Sebastião, entre os dias 17 e 23 de outubro.

A comunidade de São Sebastião pode usar os computadores do Conselho Tutelar da cidade para se inscrever. O acesso está liberado na quarta-feira, 11, e sexta-feira, 13, das 9h às 12h e de 14h às 17h.

INSCREVA-SE PARA O AULÃO DO ENEM


INSCREVA-SE PARA O AULÃO DE CONCURSOS


INSCREVA-SE PARA AS OFICINAS


INSCREVA-SE PARA O FESTIVAL DE BANDAS

Até o fim de novembro, o caminhão ainda passará por Ceilândia, Samambaia e Riacho Fundo.

“Percebemos que, apesar de juntarmos mais de 2 mil jovens num aulão de preparo para o Enem em um domingo à tarde, poderíamos levar esse tipo de ação para muito mais pessoas, descentralizando o programa. Assim, surgiu a ideia do #BoraVencer nas Cidades”, explica o Secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo.

As atividades do #BoraVencer nas Cidades mantém o nível e temática das demais vertentes do projeto, com a adição da parte cultural. As bandas e grupos locais serão convidadas a participar, com a possibilidade de gravação de uma música em estúdio profissional constante da estrutura da carreta. Também haverá um festival de bandas locais.

Entre as ofertas de cursos e oficinas, os participantes poderão aprender sobre produção musical e de vídeo, cinegrafia, desenvolvimento de aplicativos android, web TV e rádio, entre outros.

Os tradicionais aulões do #BoraVencer também farão parte das atividades da carreta, tanto no preparo para o Enem, quanto para Concursos.

#BORAVENCER - O #BoraVencer foi criado para atender à demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015, que pedia por oportunidades de estudo para o vestibular e o Enem.

No preparatório para o vestibular e o Enem, já aconteceram 16 aulões, desde abril de 2016, que atenderam cerca de 30 mil jovens. Já são 759 aprovados em universidades públicas do Distrito Federal: UnB, Escs e IFB.

A vertente profissionalizante do #BoraVencer atendeu 4 mil jovens em cursos como assistente administrativo, organizador de eventos, atendente de consultório médico e dentário, maquiagem e design de sobrancelha, mecânica, robótica, programador de aplicativo Android e web-designer.

Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil no certame para efetivos da Secretaria de Educação. Em agosto, um curso intensivo, preparatório para concursos, começou a atender 1350 jovens.

Pesquisas vão contribuir para novas ações do governo dentro do programa Criança Candanga. Documentos foram apresentados em entrevista coletiva nesta segunda (9), na sede da companhia


A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgou nesta segunda-feira (9), na sede da empresa pública, três estudos que norteiam a infância no Distrito Federal. O tema foi levantado a pedido da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude para contribuir com novas ações dentro do programa Criança Candanga.

Para o secretário adjunto, Antônio Carlos C. Filho, os dados vão enriquecer o debate sobre o cuidado da criança e do adolescente. “A Codeplan é parceira nossa, e o Criança Candanga é importante para unir todos os órgãos para a melhor promoção de políticas públicas”, ressaltou.

Lucio Rennó, presidente da Codeplan, defendeu que, em termos de informação, o órgão tem muito para colaborar. “É um esforço do governo que a gente apoia integralmente, pensando sempre na preocupação com o futuro”, pontuou.

Com dados da Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios (Pdad) de 2015 e do Educacenso, os trabalhos tratam de diferentes aspectos da infância, a contar do nascimento até a adolescência.

Demógrafa da Codeplan, Ana Boccucci expôs um retrato dos nascidos vivos nos anos de 2000 a 2015 de mães residentes no DF. De acordo com o primeiro estudo apresentado, há uma queda nos nascimentos de crianças de 2009 a 2012.

A quantidade de mulheres que opta por ter o primeiro filho depois dos 30 anos aumentou. No entanto, pela questão da idade, houve uma elevação nas cesarianas. Foi constatada também uma maior procura de consultas de pré-natal nos últimos anos.

Segundo Ana, a intenção agora é alinhar as informações de acordo com cada região administrativa e as faixas etárias.

O retrato demográfico foi explorado na pesquisa As Crianças e Adolescentes do DF: um retrato a partir da Pdad 2015, exposto pela gerente de Análise da Codeplan, Lidia Cristina Barbosa.

Segundo a Pdad 2015, o Distrito Federal tem mais de 700 mil crianças e adolescentes, o que representa cerca de 25% da população. Em termos populacionais, a maioria dos jovens de até 18 anos está concentrada nas seguintes regiões administrativas: Fercal, Itapoã, Estrutural e Varjão. Juntas, representam mais de 31%.

No entanto, o volume de crianças é pequeno. Nessas quatro regiões, não passam de 30 mil. Por outro lado, Ceilândia, com uma menor proporção de crianças e adolescentes no domicílio, é a região que apresenta a maior quantidade nessa faixa etária (mais de 130 mil), seguida por Samambaia (75 mil) e Planaltina (56 mil).

Com a finalidade de mapear as crianças no Distrito Federal e alinhar ações para melhorar a qualidade de vida delas, a amostragem traz ainda informações sobre o acesso a saneamento básico, saúde e educação.

Acesso à educação pública - A pedagoga Elisete Rodrigues de Souza apresentou a pesquisa A Educação de Crianças e Adolescentes, que complementa o texto exposto pela gerente Lidia Barbosa.

De acordo com o estudo, a inserção de crianças de até 3 anos em creches da rede pública ainda é baixa em relação à privada. Porém, a partir da pré-escola (de 4 a 5 anos), esse quantitativo aumenta.

Praticamente todas as crianças do Distrito Federal, de 7 a 14 anos — período em que frequentam o ensino fundamental — estão na escola, conforme a Pdad 2015.

No grupo etário de 15 a 18 anos, as regiões com o menor número de jovens na escola foram: Recanto das Emas, Fercal e Itapoã.

As pesquisadoras que participaram da coletiva destacaram que os trabalhos divulgados hoje representam apenas um pequeno recorte sobre a infância e adolescência no DF. O intuito agora é fazer o debate crescer e estendê-lo para novos estudos relacionados a esse público.

Fonte: Cibele Moreira, da Agência Brasília
Fotos:Renato Araújo, Agência Brasília

Lançamento acontece no dia 10, às 14h, no Palácio do Buriti

 

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança) abre na terça-feira, 10, as comemorações do Mês da Criança com o início da campanha de arrecadação de brinquedos em todo o Distrito Federal. A ação tem o intuito de promover os direitos das crianças e, para 2017, traz o slogan “Direito de ser criança, direito de brincar”. O lançamento da campanha acontece às 14h no Palácio do Buriti. A campanha faz parte das ações do Criança Candanga.

A campanha de arrecadação de brinquedos terá como pontos de coleta os batalhões da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, as administrações regionais, os conselhos tutelares, o BRB, a Novacap, o DER, a Emater, a Ceasa, a CEB, a Caesb, as estações do Metrô, os postos do DFTrans, os ônibus das viações TCB, Pioneira, os Escoteiros do Brasil e a Federação Espírita Brasileira (FEB). Também são parceiros da iniciativa as Secretarias de Agricultura, Esporte, Turismo e Lazer, Justiça, Mobilidade e Cidades, a Caesb e a Casa Militar.

Empresas, entidades, órgãos públicos e toda a sociedade podem doar brinquedos novos e usados em bom estado. As doações podem ser feitas até o dia 30 de novembro.

“Os brinquedos arrecadados serão entregues às entidades cadastradas no Banco de Alimentos da Ceasa e também serão utilizados para compor as brinquedotecas dos Conselhos Tutelares”, esclarece Aurélio Araújo, titular da Secriança.

Mês da Criança – Outubro, o mês das crianças será repleto de eventos para a meninada por todo o Distrito Federal. Organizados por diferentes entidades de Governo, como as Administrações Regionais, Secretarias, Conselhos Tutelares, forças militares e da sociedade civil, os eventos garantirão um dos direitos primordiais de toda criança: brincar. As ações fazem parte do calendário oficial do programa Criança Candanga, que conta com cerca de 200 ações mapeadas em todo o DF.

“Brincar é um direito essencial. Ele desperta o lúdico, traz uma gama de descobertas e, principalmente, garante que crianças sejam crianças e não tenham responsabilidades para além de suas capacidades”, afirma Aurélio Araújo.

A Secriança, em parceria com o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA/DF) vai promover três grandes eventos com brincadeiras lúdicas, pinturas e outras atrações. Eles acontecerão na Cidade Estrutural, em Planaltina e em Ceilândia nos dias 14, 21 e 28, respectivamente, sempre de 8h às 13h. “Nós, enquanto entidade composta por governo e sociedade civil, mostramos que a responsabilidade pela garantia dos direitos de nossas crianças é de todos”, afirma o presidente do CDCA/DF, Antônio Carlos Carvalho.

“A ideia destes eventos é levar diversão às crianças dessas cidades, trabalhando o conceito dos Direitos da Criança, que precisam ser conhecidos, de forma lúdica”, explica Perla Ribeiro, Subsecretária de Promoção de Políticas para Crianças e Adolescentes.

Criança Candanga – Com o mote “Direito de ser criança, direito de ser feliz”, o programa Criança Candanga é o compromisso do Governo de Brasília em promover e garantir o direito da criança, seu desenvolvimento integral, desde a primeira infância à adolescência.

O programa busca a participação do conjunto da sociedade, em especial das famílias e comunidades para dialogar, respeitar e proteger as crianças e os adolescentes, considerando suas necessidades e contexto de vida.

Uma de suas principais diretrizes é a priorização da Política da Criança e do Adolescente no Distrito Federal em todos os órgãos, com destaque para as áreas de Saúde, Assistência Social, Educação, Cultura, Esporte Turismo e Lazer, Direitos Humanos, Segurança Alimentar e Nutricional, Segurança Pública e Paz Social, de forma articulada e complementar.

Veja o calendário das ações no site do Criança Candanga.

Carreta do projeto vai estacionar em São Sebastião no dia 17 de outubro

Depois do sucesso na preparação de alunos do Distrito Federal para o vestibular, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e concursos, além da formação profissional, o projeto #BoraVencer sai das salas e auditórios do Plano Piloto e chega aos jovens diretamente em suas cidades. O primeiro local onde a carreta do #BoraVencer nas Cidades estacionará é São Sebastião, entre os dias 17 e 23 de outubro. As inscrições para as atividades começam a partir do dia 10, no site da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude (Secriança): www.crianca.df.gov.br. Até o fim de novembro, o caminhão ainda passará por Ceilândia, Samambaia e Riacho Fundo.

“Percebemos que, apesar de juntarmos mais de 2 mil jovens num aulão de preparo para o Enem em um domingo à tarde, poderíamos levar esse tipo de ação para muito mais pessoas, descentralizando o programa. Assim, surgiu a ideia do #BoraVencer nas Cidades”, explica o Secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo.

As atividades do #BoraVencer nas Cidades mantém o nível e temática das demais vertentes do projeto, com a adição da parte cultural. As bandas e grupos locais serão convidadas a participar, com a possibilidade de gravação de uma música em estúdio profissional constante da estrutura da carreta.

Entre as ofertas de cursos e oficinas, os participantes poderão aprender sobre produção musical e de vídeo, cinegrafia, desenvolvimento de aplicativos android, web TV e rádio, entre outros.

Os tradicionais aulões do #BoraVencer também farão parte das atividades da carreta, tanto no preparo para o Enem, quanto para Concursos.

#BORAVENCER - O #BoraVencer foi criado para atender à demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015, que pedia por oportunidades de estudo para o vestibular e o Enem.

No preparatório para o vestibular e o Enem, já aconteceram 16 aulões, desde abril de 2016, que atenderam cerca de 30 mil jovens. Já são 759 aprovados em universidades públicas do Distrito Federal: UnB, Escs e IFB.

A vertente profissionalizante do #BoraVencer atendeu 4 mil jovens em cursos como assistente administrativo, organizador de eventos, atendente de consultório médico e dentário, maquiagem e design de sobrancelha, mecânica, robótica, programador de aplicativo Android e web-designer.

Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil no certame para efetivos da Secretaria de Educação. Em agosto, um curso intensivo, preparatório para concursos, começou a atender 1350 jovens.

A Diretoria de Saúde Mental (DISAM) em parceria com a Secretaria de Saúde (SES) promove o Workshop: Como trabalhar projeto de vida com adolescentes. O curso vai atender os profissionais (especialistas e agentes socioeducativos) que atuam nas unidades socioeducativas de meio aberto, semiliberdade e internação do Distrito Federal.

O curso acontecerá no dia 26 de outubro, das 8h às 17h na sala 09 da Escola de Governo (EGOV). São 40 vagas limitadas, com carga horária de 8 horas. Um dos critérios para a inscrição é ter disponibilidade para estar nos dois períodos da oficina. As inscrições já estão abertas.

O objetivo do curso é instrumentalizar os servidores que trabalham no sistema socioeducativo em trabalhar Projeto de Vida com os adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas. Os participantes receberão declaração de participação.

Os adolescentes da Unidade de Internação de Santa Maria participam, a partir de segunda, 9, do projeto “Rapensando na Escola” - 120 minutos de intervalo orientado. O projeto desenvolve ações de socialização e de formação de multiplicadores do conhecimento nas escolas públicas. Dentre as escolas que já participaram estão: Centro Educacional 07 e 11, Centro de Ensino Médio 02 e 12 e Centro de Ensino Fundamental 16 todas em Ceilândia.

O projeto é apresentado em forma de roteiro para chamar a atenção dos alunos. O tema do será “Bullyng, Meio ambiente, Pedofilia, Inclusão social, Educação de trânsito e o enfrentamento do uso de drogas ilícitas pela juventude”. Assuntos como humanização das relações; o amor como ferramenta de transformação social; a educação como meio de combate à violência; a cultura como protagonista na construção da cidadania, direitos humanos, racismo, exclusão, saúde, álcool, qualificação, implementação e acesso também serão abordados.

O projeto tem coordenação e supervisão da produtora 14k e será dirigido pelos Rappers Marquin do Tropa, Lupper, Hitec, Minas de Stylu, Will Looc, Trinato, Lio Liberdade Condicional, Rivas, DJ Markynhos Smurphies.

O objetivo do projeto é colaborar para o desenvolvimento psicossocial e cognitivo, dos adolescentes principalmente os de áreas de risco, estimular a criatividade e a aprendizagem de valores como à importância da amizade, respeito, cooperação e os direitos e deveres do cidadão.

A Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude divulga a lista de inscritos para o aulão do #BoraVencer do dia 8 de outubro, com a aula de Ciências da Natureza.

CONFIRA A LISTA

O aulão acontece a partir das 13h, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses. As aulas, gratuitas, preparam os estudantes do Distrito Federal para ingressar no ensino superior. Desde 2016, já foram dados 14 aulões e dois cursos intensivos, que atenderam 22 mil estudantes. Desses, 759 foram aprovados em universidades públicas do DF.

TRANSPORTE GRATUITO – No dia da aula, a Secriança vai disponibilizar transporte gratuito antes e depois do encontro. O ônibus parte da plataforma inferior “A” (ao lado do Box A17) da Rodoviária do Plano Piloto em direção ao Centro de Convenções, das 11h às 14h. E faz o caminho de volta (Centro de Convenções-Rodoviária) ao final do aulão.

DICAS – No dia 28 de outubro, uma semana antes da primeira prova do Enem, o #BoraVencer promoverá o aulão de Dicas, com uma revisão geral de conteúdo para a prova. A tarde de estudo acontecerá no Ginásio Nilson Nelson, a partir de 13h. O Enem 2017 será aplicado em dois domingos: 5 e 12 de novembro. As inscrições para o aulão de Dicas também estão abertas.

#BORAVENCER – O #BoraVencer foi criado para atender à demanda eleita na Conferência Distrital de Juventude de 2015, que pedia por oportunidades de estudo para o vestibular e o Enem.

Além do preparatório para o vestibular e o Enem, a vertente profissionalizante do #BoraVencer atendeu 4 mil jovens em cursos como assistente administrativo, organizador de eventos, atendente de consultório médico e dentário, maquiagem e design de sobrancelha, mecânica, robótica, programador de aplicativo Android e web-designer.

Para a linha Concursos, foram 5 mil jovens em dois aulões, com 400 aprovados para professor temporário e cerca de mil no certame para efetivos da Secretaria de Educação. Em agosto, um curso intensivo, preparatório para concursos, começou a atender 1350 jovens.

O Conselho Gestor do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte (PPCAAM) no Distrito Federal recebeu a Coordenadora Geral de Proteção a Criança e ao Adolescente Ameaçado de Morte, Solange Pinto Xavier, na reunião do Conselho realizada na terça-feira, 3, para a apresentação do novo Guia Metodológico do programa, intitulado “Um novo olhar”.

Segundo a Subsecretária de Proteção à Criança e ao Adolescente, Veruska Alves, a atuação do Conselho foi muito elogiada, por ser um dos poucos do país que mantém as atividades. “Além disso, foi muito destacada nossa atuação na articulação de políticas públicas que fortalecem a proteção aos atendidos pelo programa”, explica.

Além do novo guia, também foram apresentados dados sobre homicídios de crianças e adolescentes no Brasil e foi feita uma apresentação sobre os casos atualmente atendidos pelo PPCAAM no DF, executado pelo Gabinete de assessoria Jurídica as Organizações Populares (Gajop).

Os integrantes do Comitê Consultivo de Adolescentes do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente (CDCA-DF) reuniram-se com representantes do Governo de Brasília no sábado, 30, para o Encontro de Interação entre os jovens e as ações de governo.

O Secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo, apresentou as principais ações da Secriança para adolescentes e jovens, como os programas #BoraVencer e Jovem Candango. O programa Criança Candanga também foi apresentado pela primeira-dama e colaboradora do Governo, Márcia Rollemberg.

Os adolescentes também ouviram representantes da Secretaria de Educação e da Secretaria Adjunta de Desenvolvimento Social.

Página 1 de 43

Banner - Biblioteca
VOCÊ ESTÁ AQUI: Início Notícias Ascom Criança